fbpx



Design sem nome (45)

Entenda como a Fisioterapia pode melhorar a autoestima de idosos

download (6)
03.12.2021 categorias Sem categoria

Entenda como a Fisioterapia pode melhorar a autoestima de idosos

A cada dia os idosos de hoje são mais ativos e conectados. No entanto, ainda enfrentam os problemas e limitações da idade. Talvez justamente por buscarem a longevidade podem ser acometidos pela depressão, portanto os cuidados com a autoestima são cruciais para envelhecer bem.

Sensações de invalidez e inutilidade incomodam o idoso a ponto de causar problemas psicológicos e emocionais. Em geral, tais sentimentos estão relacionados com a baixa autoestima, que é a insatisfação com seu jeito de ser e suas capacidades.

Entretanto, há muito o que fazer para promover a melhora da autoestima nessa faixa etária. A fisioterapia, por exemplo, é uma importante aliada. Confira neste post alguns de seus benefícios e como ela pode ajudar.

Qual a importância da autoestima na terceira idade?

São muitos os fatores que afetam a autoestima ao longo da vida. Mudanças na rotina, aposentadoria, limitações físicas e solidão são algumas delas. Ao parar de trabalhar, por exemplo, muitos idosos passam a ter dificuldades para preencher os dias com outras atividades.

Além disso, as mudanças físicas se refletem não apenas no espelho, mas na dificuldade de desempenhar tarefas cotidianas que impactam a autonomia. Depender dos outros é um dos principais baques na autoestima, bem como o isolamento social e problemas como esquecimento e quedas. No entanto, um estudo da Universidade do Estado de Santa Catarina destacou a elevação da autoestima em decorrência da prática de hidroginástica.

De fato, o aumento da autoestima promove satisfação pessoal, motivação, saúde e bem-estar para o idoso. Como resultado, temos um menor risco de depressão, que é bastante frequente nessa faixa etária, e uma melhora na independência e na sociabilização. Enfim, uma coisa está associada à outra e uma vida mais ativa só traz benefícios.

Como a fisioterapia pode melhorar a autoestima?

Nesse sentido, a fisioterapia é uma grande aliada na melhora da autoestima e na busca por qualidade de vida na terceira idade. Não é novidade que a prática de atividade física libera hormônios que promovem a sensação de prazer e bem-estar, no entanto os benefícios vão além.

Praticar modalidades com o apoio de um fisioterapeuta garante mais segurança ao idoso, considerando as peculiaridades físicas da idade e assegurando um acompanhamento mais adequado. A fisioterapia engloba atividades como hidroterapia, pilates e acupuntura. Abaixo, explicamos como cada uma delas impacta a autoestima e traz benefícios ao dia a dia da pessoa.

Hidroterapia

Por ser realizada na água aquecida, a atividade reduz a carga e o peso corporal sobre os ossos e articulações, tornando-se uma atividade de baixo impacto que proporciona relaxamento muscular e alívio de dores.

No que se refere à autoestima, a hidroterapia ajuda na manutenção do equilíbrio, na amplitude dos movimentos e promove força e flexibilidade muscular. Todos esses benefícios proporcionam mais autonomia e independência. Além disso, a melhora da circulação sanguínea e redução da pressão arterial impactam na energia e disposição.

Por fim, o compromisso com um horário fixo na rotina gera um motivo para se arrumar e sair de casa, e a interação com profissionais e demais pacientes da clínica gera um novo meio social e a sensação de pertencimento a um grupo, reduzindo a sensação de isolamento e criando novas oportunidades sociais.

Pilates

O pilates é uma atividade que atende muito bem às necessidades da terceira idade, adaptando-se às condições físicas desse público. Pode ser praticada tanto no solo quanto em aparelhos. Além dos benefícios físicos, como o aumento do equilíbrio e dos tônus muscular, a atividade proporciona muitas vantagens que têm relação direta com a autoestima, como a melhora da postura, da consciência corporal e da saúde mental.

Sabemos que todo exercício libera endorfinas, as quais atuam no cérebro promovendo as sensações de bem-estar e felicidade. Contudo, somado a isso, a prática do pilates em grupos, especialmente em turmas específicas para essa faixa etária, é um momento de convívio social divertido e interessante.

Acupuntura

Saindo do campo das atividades físicas, a fisioterapia ainda tem muito a oferecer com a acupuntura. Sim, a técnica milenar que consiste na colocação de agulhas bastante finas em pontos estratégicos do corpo também pode ser uma aliada para melhorar a autoestima de idosos.

O tratamento é recomendado, entre outras situações, para pessoas sedentárias, que se movimentam pouco e que lidam com estresse e ansiedade. Embora a vida pareça tranquila, os aspectos físicos e psicológicos do envelhecimento podem resultar em tensão e ansiedade na terceira idade.

Além disso, o método atua no alívio de dores, melhora as funções motoras, bem como relaxa e auxilia no tratamento da incontinência urinária. Vale mencionar que este último é um dos problemas que mais afeta a autoestima de pessoas mais velhas.

Fisioterapia

O próprio tratamento fisioterapêutico de lesões e condições específicas pode levar ao aumento da autoestima. Afinal, sentir-se doente e com dor deixa qualquer um para baixo mesmo. O comprometimento muscular, por exemplo, é a principal causa da incapacidade funcional, gerando dependência. A reabilitação é baseada em exercícios personalizados para cada paciente e devem envolver força, equilíbrio e retomada da coordenação motora.

A fisioterapia é capaz de reduzir as mudanças biológicas do envelhecimento, assim como fragilidade e vulnerabilidade. A melhora na qualidade de vida também está diretamente relacionada com o bom humor e a autoestima.

Como vimos, não faltam benefícios da fisioterapia para a autoestima dos idosos. Até mesmo a melhora geral do condicionamento físico e da condição corporal – tônus muscular, postura, hidratação da pele, vigor – fazem com que o resultado no espelho seja mais satisfatório.

No entanto, é importante lembrar da importância de contar com a orientação de profissionais verdadeiramente capacitados e qualificados para que os objetivos sejam alcançados sem qualquer risco para a saúde do idoso.

Agora que você já conhece os benefícios da fisioterapia e como ela pode melhorar a autoestima e a  qualidade de vida de idosos, que tal entrar em contato conosco e conhecer melhor os nossos serviços.

VOCÊ PODE GOSTAR DE LER